quinta-feira , abril 9 2020
Página Inicial / Goiás / Brio Gold apoia campanha “Faça Bonito” e promove caminhada em Guarinos

Brio Gold apoia campanha “Faça Bonito” e promove caminhada em Guarinos

Além da caminhada com alunos das redes municipal e estadual de ensino, ainda teve apresentação de peça teatral com temas voltados para o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes

Caminhada com alunos das redes municipal e estadual de ensino. Fotos: Imprensa do Cerrado

 

Texto e fotos: Imprensa do Cerrado

Com o objetivo de mobilizar a sociedade da cidade de Guarinos e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, a Pilar de Goiás Desenvolvimento Mineral promoveu, na manhã do último dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, uma importante caminhada pelas ruas da cidade, a qual contou com a participação de crianças e adolescentes da rede municipal e estadual de ensino do município, autoridades locais e representantes da empresa. A prefeita de Guarinos Ana Maria, conselheiros tutelares, secretários municipais e o gerente de SSMAC da Pilar Desenvolvimento Alexandro Neto de Oliveira estavam entre os presentes. Vale lembrar, que esse é o segundo ano que a empresa promove esse evento no município.

A caminhada teve início às 09h00, saindo do Colégio Municipal Gotinha do Saber e, em compasso regido pala fanfarra do Colégio Estadual Manoel de Oliveira Penna percorreu as principais ruas do município até o Salão Paroquial da Paróquia Santuário Nossa Senhora da Penha, onde os alunos e demais participantes ouviram atentos os pronunciamentos das autoridades e prestigiaram a apresentação de uma bela peça teatral. Uma adaptação da história de Chapeuzinho Vermelho para os dias atuais, alertando e orientando as crianças sobre os perigos ocultos das redes sociais, e também como se prevenir e denunciar possíveis violações de seus direitos. Cerca de 300 pessoas, entre alunos e servidores das escolas participaram do evento. Um requintado coquetel foi servido aos presentes ao findar a peça teatral, por volta das 11h00.

Em entrevista, o gerente de SSMAC da Pilar Desenvolvimento, Alexandro Neto, classificou o evento como positivo, pois, em sua opinião, conseguiu chamar a atenção da comunidade para o assunto. “Pudemos perceber o engajamento das escolas, das crianças, que produziram cartazes e a comunidade também participou, indo para as calçadas, de onde puderam visualizar a mensagem ali transmitida. Infelizmente a questão da exploração de jovens e crianças no Brasil e no mundo é uma coisa que diariamente acontece, então temos que está sempre atento a isso, olhar o comportamento de nossos filhos, sobrinhos, netos e crianças que são nossa vizinhas. Qualquer comportamento estranho deve ser imediatamente denunciado aos órgãos competentes, e também pelo disque 100”. Hoje faz fazem exatamente 18 anos que essa data foi instituída por lei, o que torna o evento ainda mais significativo, disse Alex, como é conhecido.

Alex ainda chamou a atenção para a importância da atuação das escolas nessa luta, ressaltando que os professores são fundamentais, pois eles conhecem o dia-a-dia de cada aluno. “O professor sabe quem é o aluno mais arteiro, o mais quieto e isso facilita na percepção da mudança de comportamento e, a partir daí, deve começar a investigar o que está acontecendo. Por isso convocamos os professores a nos ajudar a combater esse crime que infelizmente existe no mundo”, finalizou Alex agradecendo aos demais membros do corpo gerencial da Pilar Desenvolvimento Mineral presentes e aos parceiros envolvidos na realização do evento, como Prefeitura, Paróquia Nossa Senhora da Penha, Conselho Tutelar e escolas locais.

Em sua fala, a prefeita Ana Maria disse que o momento era de agradecimento; agradecimento à Pilar de Goiás Desenvolvimento por mais uma vez ir ao município para desenvolver esse importante trabalho de conscientização, reafirmando seu compromisso com o município e sua responsabilidade social. “O abuso sexual infantil é um problema que tem que ser combatido de forma incansável em nossa sociedade. Nosso município, graças a Deus, não tem muita incidência de violência sexual contra crianças e adolescentes, ainda é tranquilo quanto a essa questão, mas esse trabalho preventivo é muito importante. Se perceberem algo estranho com alguma criança não se cale, denuncie. Mais uma vez obrigada a todos da empresa que aqui estiveram presentes”, disse a prefeita Ana Maria.

Fonte: Imprensa do Cerrado

Veja também

Ministro explica como será pago auxílio de R$ 600: “Não adianta ir a bancos e CRAS agora”

Projeto ainda precisa passar por sanção presidencial, emissão de decreto e implementação de sistema digital. …