terça-feira , abril 24 2018
Página Inicial / Goiás / Estudante é queimada após mulher desconhecida atear fogo dentro de carro

Estudante é queimada após mulher desconhecida atear fogo dentro de carro

Estudante queimada após mulher desconhecida atear fogo dentro de carro está abalada e chora de dor, diz advogado. Beatriz Araújo, de 20 anos, teve 45% do corpo queimado e está internada com quadro grave. Suspeita de cometer o crime está presa e não disse nada em depoimento à polícia

Estudante de farmácia, Beatriz de Araújo teve 45% do corpo queimado e está internada em quadro grave (Foto: Arquivo pessoal) 

 

Por Paula Resende, G1 GO – 18/03/2018 17h15

A estudante de farmácia Beatriz Carneiro de Araújo, de 20 anos, que foi queimada dentro do carro após ser atacada por uma mulher desconhecida, contou ao advogado da família, Marcelo Borges, que não havia sofrido ameaças. Internada em estado grave, a jovem perdeu todo o cabelo, teve 45% do corpo queimado e está muito abalada. “Ela disse que não conhece a mulher, nunca a viu, que não foi ameaçada e que, se tivesse sido, teria falado para o pai . Ela contou chorando. Ela chora de dor e pelo abalo emocional”, contou Borges ao G1.

O crime ocorreu na manhã de sexta-feira (16), em São Luís de Montes Belos, a 120 km de Goiânia, onde a vítima mora. Segundo o Corpo de Bombeiros, a jovem havia ido comprar pão em um supermercado e, quando voltou para o carro, uma mulher de 38 anos quebrou o vidro da porta com uma marreta, jogou álcool e ateou fogo.

De acordo com o advogado, a autora do crime não correu atrás de Beatriz nem disse nada a ela. “A Beatriz fechou a porta do carro, e ela quebrou o vidro. A Beatriz tentou sair, mas o carro apagou. Foi quando ela ateou fogo. A Beatriz conseguiu ligar o carro, mas bateu em um poste. Em seguida, saiu de dentro do carro com o corpo em chamas”, relatou.

Borges conta que a estudante tirou a blusa para tentar debelar as chamas e recebeu ajuda de pessoas que estavam no local. Assim que os bombeiros chegaram, eles apagaram as chamas do carro e a levaram para o hospital.

Mulher quebrou o vidro do carro, jogou álcool e ateou fogo (Foto: Arquivo pessoal) 

 

Beatriz teve 45% do corpo queimado e, segundo o advogado, 20% dos ferimentos é de 3º grau. Ela sofreu queimaduras no rosto , peito, costas e braços. Inicialmente, a jovem foi levada a um hospital particular de São Luís de Montes Belos. Posteriomente, a transferiram para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), onde segue hospitalizada.

Conforme boletim médico divulgado na tarde deste domingo (18), a estudante está internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ainda de acordo com o documento, ela está consciente e sem febre. De acordo com o advogado, Beatriz perdeu todo o cabelo e também sofreu uma lesão inalatória, pois ela inalou fumaça: “Ela contou que sentiu o gosto de álcool na boca”.

Mulher presa

A suspeita mora quase em frente ao local em que o crime ocorreu. Ela foi presa em flagrante logo depois do fato. Em nota, o delegado Victor Avelino, responsável pelo caso, informou que a mulher ficou em silêncio durante o depoimento. Ele destacou que o principal motivo da investigação é “determinar a motivação do crime”. Conforme Borges, a mulher passou por audiência de custódia no mesmo dia do crime e teve a prisão em flagrante convertida para preventiva.

Indignado, o pai de Beatriz, Carlos Araújo, disse que não consegue entender o que motivou o ataque, haja vista que sua filha nem mesmo conhece a suspeita. “Foi do nada. Poderia ter sido com qualquer um. Que eu saiba, a Beatriz não tem rixa com ninguém, é uma menina reservada, nunca teve desavença nenhuma. Estamos todos arrasados. Não conheço essa pessoa, mas vamos acompanhar o caso e queremos justiça”, afirmou.

Beatriz está internada em estado grave no Hospital de Urgências de Anápolis (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) 

Fonte: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/estudante-queimada-apos-mulher-desconhecida-atear-fogo-dentro-de-carro-esta-abalada-e-chora-de-dor-diz-advogado.ghtml

 

Veja também

Corpo de Bombeiros resgata três pescadores desaparecidos no Rio Vermelho

Os pescadores saíram para pescar no Rio Araguaia quando o barco em que estavam afundou. …