terça-feira , agosto 20 2019
Página Inicial / Goiás / Governador Ronaldo Caiado pretende vender 49% das ações da Saneago

Governador Ronaldo Caiado pretende vender 49% das ações da Saneago

A afirmação foi feita durante a coletiva de apresentação do balanço de seis meses de nova gestão da estatal, realizada na última terça-feira (16/7)

Foto: Reprodução

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), informou que pretende vender 49% das ações da Companhia Saneamento de Goiás, a Saneago. A declaração foi feita durante a coletiva de apresentação do balanço de seis meses de nova gestão da estatal, realizada na última terça-feira (16/7). De acordo com Caiado, a venda dessa porcentagem pode significar um impulsionamento na atração de capital para investir na empresa. “Qualquer empresa que tenha controle de 51% é o proprietário dela, isso faz com que possa buscar capital e ao mesmo tempo reinvestir numa grande demanda que você tem”, disse.

Caiado também afirmou, durante a apresentação do balanço ocorrida ontem, que as “ressalvas” serão superadas, se referindo a esquemas de corrupção envolvendo ex-servidores da Saneago. “Superaremos as ressalvas, uma das ressalvas foi exatamente a operação decantação, a outra em relação a parte de estoque e com isso sendo superado essa segunda ressalva, ela está pronta para poder se apresentar no mercado para poder capita até 49% do valor das ações”, afirma.

O balanço apresentado mostrou que a Saneago tem atendido 226 municípios goianos, abastecendo em Goiás 97% da população urbana, o que corresponde a 5,7 milhões de habitantes. Em relação a coleta de esgoto a empresa atende 61% da população, ou seja, 3,6 milhões de habitantes. Já referente ao tratamento de esgoto, 56% são atendidos o que corresponde a 3,3 milhões de habitantes.

Investimentos na Saneago

O governador Caiado aproveitou a ocasião para anunciar investimentos previstos para a Saneago. De acordo com ele, os investimentos, que chegam a R$ 1,1 bilhão de reais, abrangem obras em andamento (R$ 488 milhões), licitadas (R$ 208 milhões) e a licitar (R$ 378 milhões).

Segundo Ricardo Soavinski, presidente da Saneago, quando a atual gestão assumiu a Saneago, 26 obras estavam paralisadas. Destas, 19 foram retomadas ou estão em processo de licitação. “Além disso, o Governo de Goiás concluiu quatro obras neste primeiro semestre, em Aparecida de Goiânia, Padre Bernardo, Formosa e Planaltina”.

O presidente da companhia informou a percepção de que havia, até 2018, um descompasso entre planejamento e execução de grandes obras. Atualmente, a Saneago promove auditorias independentes para identificar qualquer anomalia e providenciar soluções. Sobre a Operação Decantação, deflagrada pela Polícia Federal para apurar desvio de dinheiro, “a companhia é vítima, e não a causa do que aconteceu”. Paralelo às investigações, a atual gestão apura os fatos de forma independente, com o objetivo de auxiliar a elucidação dos fatos. (Ton Paulo).

Fonte: http://DIAONLINE

Veja também

Shows e rodeio atraem grande público no primeiro dia do Itapaci é Show 2019

Abertura Oficial da III Edição do Itapaci é Show 2019. Fotos e Vídeo; JORNAL VALE …