quarta-feira , outubro 21 2020
Página Inicial / Goiás / Indignação em Audiência Pública sobre a qualidade dos serviços da ENEL e a falta de investimentos da SANEAGO

Indignação em Audiência Pública sobre a qualidade dos serviços da ENEL e a falta de investimentos da SANEAGO

Serviços prestados pela ENEL e Saneago, foram tema de Audiência Pública realizada na noite do último dia 02 de dezembro, no plenário da Câmara Municipal de Itapaci. Fotos e Vídeo: JORNAL VALE NOTÍCIA

Serviços prestados pela distribuidora de energia elétrica ENEL e pela Saneago, foram tema de Audiência Pública realizada na noite do último dia 02 de dezembro, no plenário da Câmara Municipal de Itapaci, sob o comando do Ministério Público local, atendendo um abaixo-assinado, protocolado pela CDL/ACOMITA, com cerca de 90 assinaturas de comerciantes e empresários do município.

O evento, que reuniu autoridades do município e de cidades vizinhas, teve o objetivo de esclarecer o péssimo serviço ofertado pela concessionária Enel, seja pelo mau atendimento por telefone ou no escritório da empresa; seja por falha no fornecimento de energia, com quedas do sistema; seja pelo não atendimento de demandas do setor produtivo; seja pelo não cumprimento de lei em vigor. “Representamos a população desta cidade e estamos aqui para saber o que está ocorrendo, buscando explicações”, argumentou o prefeito Mário Salles, presente ao evento. Também os prefeitos de Guarinos, José Antônio e Zazá Elói de Hidrolina cobraram explicações e providência no sentido de sanar também os problemas de seus municípios.

Prefeitos de Itapaci Mário Salles e José Antônio de Guarinos

O sentimento de má prestação de serviço da Enel é geral. Até outubro de 2019, o Procon Goiás registrou aumento de quase 50% no número de reclamações contra a empresa. De acordo com o promotor Dr. Francisco Borges Milanez, todos estão sofrendo com o problema. “É o produtor rural, o cidadão urbano, empresas pequenas, de médio e grande porte. Todo mundo está sofrendo duramente. A falta de energia é generalizada. Todo mundo está tomando prejuízos”, disse o promotor.

Prefeito de Hidrolina Zazá Elói e representantes da ENEL e SANEAGO

De acordo com o empresário Aparício Jorge Rodrigues, presidente da Câmara de Diretores Lojistas (CDL) e Associação Comercial e Industrial de Itapaci (ACOMITA) os comerciantes e empresários sofrem e amargam prejuízos consideráveis com as quedas frequentes e oscilações de energia, o que ocasiona também a falta de água nas torneiras dos moradores. E defendeu o interesse coletivo: “a boa prestação desses serviços é fundamental, por isso, acredito que através dessa audiência pública, possamos receber um melhor serviço e mais atenção em nossas reivindicações. Talvez, a partir de agora, possamos engrossar as ações de defesa dos interesses do nosso município, bem como da qualidade do atendimentos prestado aos itapacinos”, disse ele.

Presidente da ACOMITA/CDL, empresário Aparício Jorge Rodrigues

Recentemente, o governador Ronaldo Caiado criticou severamente a qualidade do serviço prestado pela Enel, que não cumpre o plano de medidas que foi acordado para atender os consumidores goianos e tem causado prejuízos em todo o Estado por conta da falta de energia. Disse que irá enfrentar o problema de frente. As queixas também partiram de deputados estaduais na Assembleia Legislativa, que compararam a empresa a um câncer.

A palavra ‘indignação’ se fez presente na fala de quase todos os oradores. Os problemas recorrentes da falta de água, a falta do sitema de distribuição de água tratada em vários setores, a falta de investimentos da empresa no município, a não conclusão das obras de esgoto, foram analisadas como atitude de descaso, da Saneago e do Governo do Estado ao longo dos anos. “Como agentes políticos e fiscalizadores, queremos saber de quanto será o investimento, quando e quando serão concluídas as obras de esgoto, e qual a estratégia de planejamento para acabar de vez com o problema da falta de água”, disseram os vereadores Antônio Mendes, Peu do Sindicato, Adedizinho e Buiú.

A população, mesmo com a seriedade do assunto, não compareceu

Também vários cidadãos, que acompanhavam a audiência, relataram seus problemas e dirigiram perguntas aos representantes das empresas, que procuraram respondê-las. O que se notou, era um grande descontentamento por parte de todos os presentes, que agora, aguardam que providências urgentes sejam ultimadas para colocar um fim em toda essa problemática.

Estavam presentes na audiência, o promotor de Itapaci Dr. Francisco Borges Milanez; juiz de direito da comarca, Dr. Eduardo de Agostinho Ricco, prefeitos: de Itapaci, Mário Salles; de Guarinos, José Antônio e de Hidrolina, Zazá Elói, além do presidente da Câmara Municipal José Carlos, representantes da Enel e Saneago, dentre outros.

POR FLÁVIO DUARTE – JVN

VEJA VÍDEO ABAIXO E MAIS FOTOS DO EVENTO:

Veja também

Itapaci: Professor demitido por assédio sexual, poderá ter a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral

José Peixoto Sobrinho, pré-candidato a vereador, na cidade de Itapaci, pelo Partido Solidariedade, poderá ter …