sábado , julho 20 2019
Página Inicial / Itapaci / Itapaci – Encerrado o curso de formação inicial aos aprovados da saúde

Itapaci – Encerrado o curso de formação inicial aos aprovados da saúde

curso-16
Solenidade de encerramento e diplomação do Curso de Formação Inicial e Continuidade aos aprovados no concurso da saúde realizado pela prefeitura recentemente. FOTOS: JORNAL VALE NOTÍCIA

 

Vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para buscar focos endêmicos, inspeção cuidadosa de caixas d’água, calhas, telhados, aplicação de larvicidas e inseticidas, orientações quanto à prevenção e tratamento de doenças infecciosas, etc., são atividades fundamentais e que fazem parte das atribuições dos agentes comunitários de saúde e de endemias, por isso, a Secretaria Municipal de Saúde de Itapaci, realizou nos dias 16, 17, 18, 21 e 22 de novembro, um curso de formação inicial e continuidade para os aprovados em concurso realizado pela prefeitura recentemente.

O curso foi ministrado pelos enfermeiros palestrantes Karoline Agra, Ricardo Teodoro, Veradias Fereeira e Ludimila Vasconcelos e as aulas foram ministradas no salão de reuniões da Prefeitura e também no salão do Posto Central de Saúde. O término do curso se deu no dia 222 e culminou com a entrega dos diplomas aos concursados.

Assim como os agentes comunitários de saúde (ACS), os ACEs trabalham em contato direto com a população e, para o prefeito Ney Boa Safra, o curso foi um dos fatores mais importantes para garantir o sucesso do trabalho desses agentes de saúde.

“A luta contra o mosquito Aedes, por exemplo, representa um grande desafio para gestores e profissionais de saúde. E sabemos que um componente importante no controle do mosquito transmissor, é o envolvimento dos ACS, bem como o ACE, trabalhando diretamente com a comunidade. São atores importantes para a obtenção de resultados positivos”, asseverou o prefeito Ney.

Para a secretária municipal de Saúde, Jaqueline Gomes, esses novos agentes de saúde irão se juntar aos demais, para uma maior integração entre as vigilâncias epidemiológica, sanitária e ambiental. Por estarem presentes e em contato permanente com a comunidade onde trabalham e conhecerem de perto os principais problemas da cidade como um todo, poderão envolver a população na busca da solução dessas questões”, acredita a secretária.

curso-9curso-14 curso-11 curso-13 curso-12 curso-10 curso-3 curso-4 curso-5 curso-8

Veja também

SÓ ALEGRIA NO ACAMPAMENTO DA ASSOCIAÇÃO DOS CAVALEIROS NA ROMARIA DE GUARINOS

Nesse ano uma inovação, apresentação da Folia de Nossa Senhora da Penha Após as orações …