quarta-feira , outubro 17 2018
Página Inicial / Goiás / Maior polo de carga da Ferrovia Norte-Sul é construído no Sudoeste de Goiás

Maior polo de carga da Ferrovia Norte-Sul é construído no Sudoeste de Goiás

Preparação de base de canal polo de carga da Ferrovia Norte Sul

 

A Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A executa hoje a obra do que será o maior polo de carga da Ferrovia Norte-Sul (FNS). Próximo aos municípios de Rio Verde, Santa Helena, Jataí, Edeia e Quirinópolis, o novo pátio intermodal vai atender a produção agrícola do Sudoeste de Goiás, onde atualmente está sendo construída a extensão sul da ferrovia.

O polo de carga está sendo preparado para embarque de granéis agrícolas (soja, milho, farelo e açúcar), granéis líquidos (combustível), fertilizantes e contêineres. São 300 hectares de área com acesso direto à rodovia GO-210. O pátio terá 94 hectares destinados aos terminais privados e um estacionamento para cerca de 800 caminhões. Os produtos embarcados no polo de cargas no Sudoeste goiano têm como vocação a exportação pelos portos de Santos (SP), Itaqui (MA), e, no futuro, Ilhéus (BA).

A obra começou em setembro deste ano por um consórcio contratado por meio de licitação pela Valec, no valor de R$ 78,2 milhões. No momento, estão sendo realizados os serviços de terraplenagem e supressão vegetal. A previsão é que o pátio fique pronto no final do primeiro semestre de 2018.

O trecho da extensão sul da Ferrovia Norte-Sul tem 684 km e liga as cidades de Ouro Verde, interior de Goiás, a Estrela d’Oeste, no Estado de São Paulo. Na obra, hoje, atuam cerca de 1.000 empregados.

Veja também

No Estado de Goiás os candidatos disputam 4 milhões de votos

Rafael Oliveira eVenceslau Pimentel* Dada a largada para as eleições 2018 em Goiás Neste domingo, …