terça-feira , agosto 21 2018
Página Inicial / Polícia / Preso trio suspeito de matar dois homens em disputa de tráfico de drogas

Preso trio suspeito de matar dois homens em disputa de tráfico de drogas

De acordo com a polícia, alvo era um homem que conversava com as vítimas na rua. Outros dois que teriam envolvimento com os homicídios já estão presos por outro crime

Trio é preso suspeito de matar dois homens em disputa por tráfico de drogas em Caldas Novas (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (13) três pessoas suspeitas de matar dois homens por engano em uma disputa pelo tráfico de drogas em Caldas Novas, no sul de Goiás. Outros dois homens que teriam envolvimento no crime já estão presos por outro crime. De acordo com a polícia, o alvo do crime era um homem que estava conversando com as vítimas na rua.

Jaster Conceição, de 33 anos, e Ramon Oliveira, de 29, foram mortos em julho de 2017. Eles estavam na rua conversando com outros homens quando um carro passou pelo local atirando várias vezes. Os dois morreram no local e um terceiro foi baleado.

“Acreditamos que o alvo era um homem que estava com eles e acabou não se ferindo na época. Ele tinha envolvimento com drogas na região e o crime aconteceu por disputa pela venda de drogas. Os dois que morreram não usavam drogas e não tinham passagens. Acreditamos que eles estavam no lugar errado na hora errada”, explicou o delegado Wlisses Valentim.

Jaster Conceição e Ramon Oliveira foram mortos em Caldas Novas (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 

No dia seguinte ao crime, um carro com quatro homens e uma mulher foi abordado saindo de um bordel da cidade. Com eles foi encontrado uma arma. Eles foram presos por posse ilegal de arma de fogo, mas foram soltos e respondiam ao processo em liberdade.

“Encaminhamos essa arma para perícia e foi comprovado que as balas que mataram as duas vítimas saiu do armamento apreendido com eles. Com isso, eles se tornaram suspeitos. Acreditamos que eles estavam no prostíbulo comemorando o crime”, disse o delegado.

Guilherme Patrick Reis, 19, Patrick Mailon Silva, 22, e Joyce Cristina Pereira, 29, foram presos nesta quarta-feira. Eles foram levados para a delegacia de Caldas Novas. Nenhum advogado se apresentou até o momento para defender os três. À polícia, nenhum deles confessou envolvimento nos homicídios.

Já Lucas Eurípedes dos Santos, 22, e José de Arimateia Pereira, 24, já estão presos em Anápolis por receptação de uma arma roubada de um policial. Mesmo já na unidade, foi cumprido um novo mandado de prisão contra eles. Os cinco vão responder por dois homicídios qualificados. As penas, somadas, podem chegar a 60 anos.

Fonte: Por Vitor Santana  –  G1 GO

Veja também

Técnico diz ter sido agredido pelo cantor Henrique, da dupla com Juliano

Fã da dupla, Thiago da Silva afirma que confusão começou porque acharam que ele estava …