domingo , outubro 21 2018
Página Inicial / Goiás / Projeto de Lei prevê fim da cobrança de religação de água e energia

Projeto de Lei prevê fim da cobrança de religação de água e energia

Segundo a autora do projeto, Tatiana Lemos, o consumidor já paga juros e multas, o que torna essa cobrança injusta

Vereadora por Goiânia Tatiana Lemos. (Foto: Alberto Maia)

 

 | Postado em: 06/09/2017 às 09:04:44

A vereadora Tatiana Lemos (PCdoB) apresentou um projeto de lei que visa extinguir a cobrança de religação de contas de água e energia. Porém, a proibição não se aplica ao serviço de religação de emergência, que pode continuar sendo solicitado pelo consumidor. O projeto descreve que, caso o fornecimento de água e energia seja suspenso por causa de falta de pagamento, ele deve ser restabelecido em até 24 horas sem qualquer nova taxa de cobrança para o consumidor.

Projeto estabelece o retorno imediato do serviço sem a cobrança da taxa de religação (Foto: Divulgação)

 

Tatiana acredita que quando ocorre o atraso de pagamento, o cliente já paga multa e juros e não tem necessidade de ter cobrança do serviço de religação, já que houve o pagamento. “O projeto visa corrigir uma situação que entendemos ser injusta, visto que é direito do consumidor o acesso aos serviços básicos de água e energia. Esse serviço [cobrança de juros e multas] já está embutido no valor e a população não pode ser penalizada duas vezes”, destaca a parlamentar.

Tatiana ainda afirma que muitas pessoas que atrasam o pagamento das contas são de baixa renda e não pode ser prejudicadas com a falta serviços essenciais em uma casa. Além disso, a vereadora frisa que as concessionárias devem deixar os consumidores cientes sobre a gratuidade do serviço. “De acordo com a propositura, as concessionárias deverão informar ao consumidor sobre a gratuidade da religação, em suas respectivas faturas de cobrança e em seus sítios eletrônicos. Na maioria das vezes os consumidores que estão pagando este tipo de cobrança geralmente são os mais necessitados, que tiveram os serviços de água e energia suspensos por inadimplência”, completa Tatiana. O projeto prevê que em caso de descumprimento dessa lei, as empresas serão multadas e ainda podem responder ao que couber de direito dentro do Código de Defesa do Consumidor.

Fonte: http://www.emaisgoias.com.br/projeto-de-lei-preve-o-fim-da-cobranca-de-religacao-de-agua-e-energia-na-capital/

Veja também

Brincadeiras e muita alegria no Dia das Crianças em Pilar de Goiás

Brindes para os classificados na gincana. Fotos e vídeo: JORNAL VALE NOTÍCIA Em uma manhã …