quarta-feira , outubro 17 2018
Página Inicial / Polícia / Suspeitos de assalto a empresa de valores em MG tinham vida de luxo

Suspeitos de assalto a empresa de valores em MG tinham vida de luxo

Homem se passava por empresário, esbanjava com carros importados e vivia em grande casa com a esposa. Além deles, polícia deteve comparsa e apreendeu joias e R$ 150 mil em dinheiro

Casal suspeito de elo com assalto a empresa de transporte de valores tinha vida de luxo. Fotos Reprodução TV Anhanguera

 

Por Sílvio Túlio, G1 GO – 07/11/2017 20h17

Um casal suspeito preso suspeito de elo com o assalto a empresa de transporte de valores Rodoban, em Uberaba (MG), mantinha uma vida de luxo em Caldas Novas, região sul de Goiás, onde foram detidos nesta terça-feira (7). Segundo a Polícia Civil, eles moravam em uma grande casa e ostentavam com carros de importados, que foram apreendidos. Além deles, um comparsa também foi preso.

A investigação apontou que Agnaldo Francisco da Silva Pereira, de 40 anos, um dos detidos, se passava por empresário e dono de um restaurante na cidade goiana. Ele e a mulher, Camila Pereira da Silva, de 29, residiam no município há cerca de um ano. “Eles gostavam de esbanjar e não faziam questão de esconder isso. Foram quatro carros, sendo três de luxo e uma moto náutica”, disse ao G1 o delegado Alex Vasconcelos, o Grupo Antirroubo a Bancos (GAB) da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Goiânia.

Além deles, também foi detido Anderson Manoel de Souza, de 38 anos, que já era foragido da Justiça por roubo. Todos são suspeitos de envolvimento com assalto à Rodoban. O crime foi cometido na madrugada de sexta-feira (6) e deixou moradores em pânico após explosões e tiroteios.

Casal gostava de ostentar com carro importado e moto náutica (Foto: TV Anhanguera/Reprodução) 

 

Além dos veículos, também foram apreendidos com os suspeitos joias, 13 celulares, uma pistola, dois simulacros e cerca de R$ 150 mil em dinheiro. A polícia apura se essa quantia é oriunda do roubo, cujo montante subtraído não foi divulgado. Eles foram presos depois de serem interceptados em uma barreira montada pela Polícia Militar em uma estrada da região. Agnaldo, que dirigia uma caminhonete, apresentou documentos falsos.

Com os suspeitos, foram apreendidos cerca de R$ 150 mil em espécie (Foto: TV Anhanguera/Reprodução) 

 

A empresa localizada no Bairro Boa Vista foi invadida por volta das 3h por cerca de 30 homens. Eles atiraram diversas vezes e colocaram fogo em carros para intimidar a polícia, fechando quarteirões. Um jovem de 26 anos, que estava em uma rua próxima, foi atingido de raspão pelos disparos. Moradores ouviram pelo menos duas explosões. A polícia calcula que a ação durou em torno de 1h30. O valor em dinheiro levado pelos criminosos ainda não foi informado pela empresa. Os veículos utilizados pela quadrilha foram encontrados abandonados em uma estrada na zona rural de Uberaba. Os criminosos também abandonaram um caminhão-baú contendo explosivos.

Dinheiro, joias, celulares e armas encontradas em poder do casal. Foto Reprodução TV Anhanguera
Empresa de transportes de valores ficou praticamente destruída durante o assalto (Foto: Bruno Sousa/G1)

Fonte: https://g1.globo.com/goias/noticia/casal-suspeito-de-elo-com-assalto-a-empresa-de-transporte-de-valores-em-mg-tinha-vida-de-luxo-em-goias.ghtml

Veja também

Ex-marido é preso suspeito de matar ex-vereadora e simular suicídio

Segundo a polícia, homem era vizinho da vítima e não aceitava o fim da relação. …