quinta-feira , Abril 26 2018
Página Inicial / Polícia / Trio que ostentava armas e homicídios morre em confronto com a Rotam

Trio que ostentava armas e homicídios morre em confronto com a Rotam

‘Furar a Rotam de cima a baixo’, diz criminoso em áudio. Outros três integrantes da facção foram presos

Erick Rennistawber Urbano Vieira, um dos mortos no confronto, ostentava armas nas redes sociais (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Por Murillo Velasco, G1 GO

 

Três homens suspeitos de ostentar armas e assassinatos na internet morreram em um confronto com a Polícia Militar no domingo (4), em Goiânia. De acordo com a corporação, eles faziam parte de uma facção criminosa responsável por pelo menos sete homicídios. Outras três pessoas foram presas.

Segundo o comandante da Rotam, major Daniel Pires Aleixo, o grupo foi desarticulado após a corporação abordar um casal, que integraria a quadrilha, em um carro roubado. A Rotam afirmou que o automóvel seria usado em um homicídio. Na sequência, os policiais foram até uma casa onde os outros integrantes estavam.

Conforme Aleixo, chegando à casa, três pessoas saíram armadas atirando contra os policiais, que revidaram. Morreram no confronto Erick Rennistawber Urbano Vieira, de 24 anos, Walensson Fonseca dos Reis Oliveira, de 23, e Marrony Palhano Bezerra, também de 23 anos.

“Por este áudio, nós só temos um recado para dar a estes marginais. Se vierem com esta atitude, o destino será o mesmo dos companheiros deles: a morte”, disse o major.

Nos celulares apreendidos, a PM disse que encontrou vídeos e áudios do grupo ostentando armas e crimes (veja acima). Em uma das gravações, um jovem ameaçava “furar a Rotam [Rondas Ostensivas Metropolitanas] de cima a baixo” caso fosse abordado.

Fonte: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/trio-que-ostentava-armas-e-homicidios-na-web-morre-em-confronto-com-a-policia-em-goiania.ghtml

Veja também

Irmãos ciganos apontados como autores de crimes cruéis são presos

Caso sejam condenados, o bando pode pegar até 30 anos de prisão Quatro jovens foram …