sexta-feira , agosto 14 2020
Página Inicial / Mundo / Vacina de Oxford para Covid-19 é segura e induz resposta imune, indicam resultados preliminares!

Vacina de Oxford para Covid-19 é segura e induz resposta imune, indicam resultados preliminares!

Laboratório anuncia que vacina contra Covid-19 pode ficar pronta ...


Está chegando a hora de virar de página!
Segundo notícia vinculada hoje no G1: Vacina teve o efeito esperado pelos pesquisadores nos primeiros estágios. Uma terceira fase dos testes está ocorrendo no Brasil e é provável que seja necessário tomar uma segunda dose da vacina.

Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, anunciaram nesta segunda-feira (20) que, de acordo com resultados preliminares, a vacina da universidade para a Covid-19 é segura e induziu resposta imune no corpo dos voluntários. Os resultados, que já eram esperados pelos pesquisadores, se referem às duas primeiras fases de testes da imunização.

  • A vacina de Oxford é a mais adiantada, das que estão em pesquisa. Ela está sendo testada também no Brasil;
  • Testes iniciais agora apontam que ela é segura e induz o corpo a reagir contra a Covid-19; o resultado é o esperado;
  • O resultado não permite ainda concluir se de fato uma pessoa exposta ao Sars-Cov-2 fica imune com a vacina;
  • A fase 3, final, ainda está em andamento e ela é que irá determinar se há eficácia num grande número de pessoas;

    As fases 1 e 2 dos testes, que foram conduzidas simultaneamente no Reino Unido, tiveram 1.077 voluntários. Os ensaios mostraram que a vacina foi capaz de induzir a resposta imune tanto por anticorpos como por células T até 56 dias depois da administração da dose.

A vacina pode estar disponível para alguns grupos de risco no Reino Unido até o fim do ano, mas provavelmente não estará para todos, afirmou Sandy Douglas, de Oxford.

De acordo com Soraia Smaili, reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), o imunizante, se tudo der certo, poderá ter o registro liberado em junho de 2021

Segundo os dados, a vacina ainda não foi testada em idosos e apresentou algumas reações, como vermelhidão e dor ao redor da vacina, febre, entre outros. A terceira fase de testes está acontecendo em diversos países, exatamente por poder ter resultados de diversa eficácia para cada população. 

Leia a Matéria completa no site da G1. E lembre-se de fazer sua parte na luta contra essa pandemia. Quando você se cuida, está cuidando de todos.

Veja também

Hidrolina confirma segundo óbito por Covid-19 no município

Através do Boletim Epidemológico divulgado na tarde de hoje, 13, a Secretaria Municipal de Saúde …