quarta-feira , Maio 23 2018
Página Inicial / Goiás / Velocidade de internet vai subir 1.100% e custo reduzirá pela metade com licitação no TJGO

Velocidade de internet vai subir 1.100% e custo reduzirá pela metade com licitação no TJGO

Começa um marco histórico na gestão tecnológica do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), com a instalação de cabos de fibra óptica para atender todas as comarcas com links de dados e de internet. A intenção é melhorar a atuação junto aos sistemas digitais, utilizado já nas esferas administrativa e cível e, iniciado neste ano, para as varas criminais. Além do avanço nas condições de trabalho, com ampliação da velocidade em até 1.100%, a novidade vai reduzir custos em 56%, caindo o gasto anual de R$ 8 milhões para R$ 5 milhões.

O serviço vai promover um grande avanço, principalmente no interior do Estado. Em cidades onde a rede tem, hoje, velocidade de 2 Mega, o número pode chegar a 20 Mega. Segundo o presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho, “o Poder Judiciário investe para fortalecer e revolucionar a comunicação, e esse advento representa um marco importante”. 

Para conseguir esse progresso, mais um ineditismo na área de gestão de Tecnologia de Informação: foi realizada uma parceria com o Poder Executivo Estadual, por meio da Secretaria da Fazenda (Sefaz), e Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) para que, juntos, os órgãos formassem um grande polo em potencial de investimento em comunicação para empresas da área, conforme explica a diretora-geral do TJGO, Aparecida Auxiliadora Magalhães Santos. “Dessa forma, o Edital nº 58/2017, organizado pelo TJGO e contemplando os demais, conseguiu atrair investidores de todo o Brasil, e não apenas locais. Isso significou, também, redução de custo maior do que a estimada”.

Foram quatro empresas vencedoras da licitação. A ordem de serviço para instalação está dividida em três partes e a conclusão da primeira deve ser em até 90 dias. A previsão é de que até outubro todo o interior goiano já esteja contemplado com a nova tecnologia. “O TJGO caminha para a modernidade e isso representa uma nova era em comunicação. Nós não apenas criamos as ferramentas do Processo Judicial Digital, mas também estamos oferecendo formas efetivas de acesso”, destaca a diretora-geral.

Link de Dados e Internet

Com a digitalização dos processos cíveis, aumentou a demanda por internet de qualidade, principalmente no interior. Segundo o diretor de informática do TJGO, Luiz Mauro de Pádua Silveira, “serão substituídos os cabos metálicos e antigos de telefonia convencional, que limita o sinal, por novos cabos de fibra óptica”.

Ainda conforme Luiz Mauro, o TJGO desponta no cenário nacional neste parâmetro. “Em comparação aos demais Tribunais do País, acredito que teremos os melhores links de dados e a melhor velocidade de internet. Representa muito a modernização do Poder Judiciário goiano”, destaca.

O impacto positivo da internet de alta velocidade e os links serão em várias áreas. Com a tecnologia, as ligações telefônicas convencionais vão ser substituídas pelo sistema VoIP (Voice over Internet Protocol) e as videoconferências se tornarão realidade cotidiana. “A expectativa é zerar gastos com telefonia e diminuir custos com transferências de presos, que poderão ser ouvidos por videoconferências, o que representa mais segurança com menos deslocamentos. As videoconferências também serão utilizadas em oitivas, ensinos a distância, treinamentos. Uma gama enorme de possibilidades”, frisa a diretora-geral. (Texto: Lilian Cury – Centro de Comunicação Social do TJGO)

Veja também

Gusttavo Lima doa parte do cachê de show para tratamento da filha de fã

Sertanejo disse que ele e a dupla Zé Neto e Cristiano, que também se apresentou …